Secretaria de Assistência Social promove 1ª caminhada contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Com o objetivo de conscientizar a população a denunciar o abuso, a violência e a exploração sexual de crianças e adolescentes, a Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Renda realizou uma caminhada, no Centro de Lebon Régis, com o tema “Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes – Juntos, Mudaremos esta História”. A mobilização aconteceu na tarde do dia 23 de maio, quarta-feira, e contou com a colaboração do Cras, do Conselho Tutelar, do Nasf, da Ação Social do Contestado, da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Estadual e de alunos e professores da Escola de Educação Básica “Frei Caneca”.

A iniciativa faz parte da programação do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio. “A manifestação contou com a presença de jovens, professores e funcionários públicos municipais, que entregaram um jornal informativo para os moradores, sensibilizando a população sobre a violação de direitos de crianças e adolescentes”, conta a secretária de Assistência Social, Trabalho e Renda, Nilcéa do Valle Rocha Hanna.

Ao agradecer a participação de todos que ajudaram a promover a mobilização, ela destacou a necessidade de realizar a campanha para estimular a conscientização sobre a violência infantil. “Não foi um dia comemorativo, mas, sim, para convidar a população a refletir sobre a data e sobre a importância de protegermos os direitos de nossas crianças e adolescentes. Se alguém souber que está havendo este tipo de caso, é necessário fazer uma denúncia o mais rápido possível, discando o número 100”.

 

DISQUE 100

No Brasil, o Disque 100 foi criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. É um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. O Disque 100 funciona diariamente, das 8 às 22 horas, inclusive aos finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil, por meio de discagem direta e gratuita para o número 100.